Três profissionais que foram essenciais para a engenharia que conhecemos hoje!



Tendo em vista o crescimento populacional no globo, torna-se cada vez mais evidente a necessidade de obras que acompanhem o desenvolvimento socioeconômico nas mais diversas áreas da infraestrutura, sejam elas obras ligadas ao saneamento, ao transporte, à energia ou à telecomunicação. Para tal, é essencial a participação de um grande e eficiente time de profissionais, que por sua vez são liderados por um engenheiro civil chefe. Este profissional é responsável pelo projeto e sua implementação, portanto, deve ser capaz de liderar equipes multidisciplinares internas ou de terceiros, o que compreende encarregados de obra, desenhistas, orçamentistas, preparadores, empreiteiros, entre outros. Como forma de homenageá-los, apresentamos abaixo três grandes expoentes do universo da engenharia.


1- Isambard Kingdom Brunel


Considerado "uma das figuras mais engenhosas e prolíficas da história da engenharia", o filho do também engenheiro francês Marc Isambard Brunel, foi um dos responsáveis pela construção do Túnel Tâmisa, na Inglaterra, também conhecido como Greenwich Foot Tunnel. Ligando as duas extremidades do rio, o túnel está a 15 metros de profundidade e permanece aberto 24 horas por dia. Para ver mais sobre essa obra basta clicar aqui.


Túnel Tâmisa

Fonte: https://ieltsliz.com/


Isambard Kingdom Brunel nasceu no Reino Unido e começou sua carreira aos 17 anos de idade acompanhando as obras de seu pai. Ambos eram tornaram-se conhecidos por suas ideias ousadas e altamente criativas. Brunel foi o responsável por construir inúmeras pontes, túneis e trilhos de trem durante a Revolução Industrial britânica, além de navios que conquistaram recordes e inovaram o mercado da época. Uma curiosidade é que o mesmo criou uma nova escala de bitola para os trilhos de trem que tornava os vagões mais estáveis denominada "Brunel".


Sem sombra de dúvidas, Brunel possuía um pensamento à frente do seu tempo inclusive no que diz respeito à tecnologia disponível na época. Prova está que algumas de suas obras precisaram ser corrigidas mesmo após sua morte. Apesar disso, Brunel é lembrado até hoje como um engenheiro verdadeiramente revolucionário. Muitos dos seus feitos acabaram modificando para sempre a tecnologia dos meios de transporte e a forma como a engenharia da construção civil é pensada.


Para que se tenha dimensão do seu legado, ele foi o primeiro a construir um navio de passageiros movido a carvão que levava apenas 15 dias para viajar da Europa até os Estados Unidos.

Royal Albert Bridge em 2009

Fonte: BBC Reino Unido


2- Alexandre Gustave Eiffel


Famoso pela sua principal obra, a Torre Eiffel, o engenheiro francês mais conhecido como Gustave Eiffel, também construiu diversas obras para a rede ferroviária francesa, dentre elas o Viaduto Garabit, além de participar na construção da Estátua da Liberdade em Nova Iorque. Após sua aposentadoria da engenharia, Eiffel concentrou-se em pesquisas sobre meteorologia e aerodinâmica, trazendo importantes contribuições em ambas as áreas.


2.1 Torre Eiffel


Construída para a Exposição Universal de 1889, em Paris, a torre é o monumento pago mais visitado do mundo. O sucesso da obra é tanto que existem réplicas em outros países.


Medidas da Torre Eiffel

Fonte: Conexão Paris


Embora todos os andares possuam atrações, enfrentar os 350 metros de altura para admirar a cidade do alto e conhecer o escritório de Gustave Eiffel no último andar, é tida como uma experiências turísticas inigualável.


Evolução na construção da Torre Eiffel (1- abril de 1888 | 2- julho de 1888 | 3- dezembro de 1888 | 4- maio de 1889)

Fonte: Portal Terra


Foto colorida da época da construção da Torre Eiffel

Fonte: Mirror/Getty Images


Quer saber mais sobre essa obra? Recomendamos que assistam o vídeo O Canal da Engenharia sobre a história das estruturas dessa maravilhosa obra.


3- John Job Crew Bradfield


Este australiano detentor do título de "o pai da Sidney Moderna", projetou e supervisionou a Sydney Harbour Bridge, sua maior obra.


Bradfield começou sua carreira trabalhando para o Departamento de Queensland Ferrovias e recebeu o grau de Mestre em Engenharia pela Universidade de Sydney (com honrarias) em 1896, ocasião em que propôs a ideia de uma ponte suspensa que ligaria Sydney e North Sydney: a famosa Sydney Harbour Bridge.


Inaugurada em 1932, a grande ponte de aço em arco é a principal conexão entre Sydney e seus subúrbios, pelo lado norte do porto. Com cerca de 500 metros, trata-se de uma das pontes de aço mais longas do mundo além de possuir quatro trilhos de trem, uma rodovia e duas passarelas para pedestres.


A Sydney Harbour Bridge foi adicionada ao Registro do patrimônio do estado de Nova Gales do Sul em 25 de junho de 1999 e à Lista do Patrimônio Nacional da Austrália em 19 de março de 2007.


Sydney Harbour Bridge à noite completamente iluminada e à frente a Sydney Ópera House

Fonte: Jan Kratochvila/Dreamstime.com


Estas são apenas algumas das personalidades da engenharia que marcaram história. Através deste texto, buscamos homenagear a todos os profissionais que diariamente contribuem para o desenvolvimento do nosso país e do mundo, mesmo que no anonimato.


Leia também Conheça algumas das mulheres que mudaram a forma como conhecemos a engenharia hoje!


Gostou dos conteúdos? Tem alguma sugestão ou crítica? Fique à vontade para interagir conosco por nossos canais de comunicação: e-mail, blog e LinkedIn.


Na CRASA, acreditamos que TUDO PODE SER CONSTRUÍDO! Com experiência, conhecimento, equipe altamente qualificada, comprometimento e parceiros certos.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo