• adriana453

Ampliação do Metrô - Linha Verde 2: nova galeria para o Córrego do Rincão é entregue

O Córrego do Rincão, que desde outubro de 2021 estava desviado para um leito provisório de 120 metros de extensão, já voltou ao curso normal. Durante esse período, o Consórcio CGC - formado pela CRASA, Ghella e Cosbem – construiu uma galeria de concreto armado com 4 metros de altura, 6 metros de largura e 30 metros de comprimento, por onde o córrego passa a partir de agora. Assim, foi concluída mais uma fase do projeto de expansão da Linha 2 do Metrô de São Paulo.

Com esta entrega, será possível dar andamento às obras de escavação da nova Estação Penha, que integra o projeto de ampliação do metrô - antes disso, o Consórcio CGC vai fechar o leito provisório. “O reaterro já está em andamento e deverá ser concluído na primeira quinzena de julho”, explica Renato de Quadros Coelho, Engenheiro de Planejamento Sênior da CRASA.

A nova galeria por onde passa o Córrego do Rincão tem capacidade de vazão de 37 mil litros por segundo e está apoiada no topo das paredes da futura Estação Penha. Após o reaterro, serão executadas as 22 últimas lamelas remanescentes para a estrutura de contenção da estação, o que deve acontecer entre os meses de julho e agosto.

Em paralelo, outras obras estão desenhando o futuro do metrô de São Paulo. A Estação Penha integra um projeto de expansão que conecta a Linha 2- Verde à já existente estação da Linha 3- Vermelha, como também a nova estação da Linha 11 da CPTM, que também será executada pelo Consórcio. O plano prevê ainda a conexão com outros modais, como terminais de ônibus, para distribuir o fluxo de passageiros e levar mais qualidade de vida aos moradores da cidade e do entorno.





15 visualizações0 comentário