Hora da Natureza5 de junho | Dia Mundial do Meio Ambiente

"Os alimentos que comemos, o ar que respiramos, a água que bebemos e o clima que torna nosso planeta habitável vêm da natureza. Somos mais dependentes do que imaginamos de sua rede interconectada e do seu delicado equilíbrio.

Contudo, esse é um momento singular em que a natureza está nos enviando uma mensagem. Ela está nos mostrando que a vida como a conhecemos está à beira de um colapso.

É hora de acordar. De tomar consciência. De repensar nossa relação com o meio ambiente.

É hora de soltar a voz e dizer ao mundo que precisamos agir. Esse Dia Mundial do Meio Ambiente é a Hora da Natureza.

#pelanatureza" - World Environment Day 2020 - A Practical Guide




O Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido na conhecida Conferência do Meio Ambiente, em 1974,  e passou a ser comemorado todo dia 05 de junho. A data traz à tona uma verdade absoluta: todas as formas de vida são conectadas. Neste momento, governos, empresas, celebridades e indivíduos são incentivados a concentrarem seus esforços em uma questão ambiental que precisa de atenção urgente. 


Neste ano o tema é a biodiversidade. As grandes manifestações da natureza que temos presenciado como incêndios florestais no Brasil, Estados Unidos e Austrália, infestações por gafanhotos pelo leste da África e até uma pandemia global, demonstram a interdependência dos seres vivos e nossa grande conexão.


Todos os anos um país é escolhido como anfitrião (onde acontecem as celebrações oficiais). Neste ano, o Dia Mundial do Meio Ambiente é sediado pela Colômbia, em parceria com a Alemanha.Contextualizando com o cenário atual trazemos os dados da pandemia que estamos vivemos.


Muitos estão isolados neste momento e isso nos leva a refletir sobre o que nos trouxe até este cenário. A pandemia da COVID 19 é um lembrete de que a saúde humana está ligada à saúde do planeta. Pesquisas mostram que os coronavírus são zoonóticos, o que significa que são adquiridos de animais e transmitidos para humanos. O mais preocupante é que estas doenças estão em crescimento!


As zoonoses (doenças transmitidas entre pessoas e animais) afetam bilhões de pessoas e causam milhões de mortes todos os anos. Estudos apontam que 60% das infecções dos humanos e 75% das doenças que surgirão têm origem zoonóticas. Para evitar o surgimento de novas pandemias, precisamos modificar a forma como tratamos o meio ambiente, rever as ameaças ao ecossistema e à vida animal, a perda e a fragmentação de habitats, o comércio ilegal, a poluição, as espécies invasivas e as mudanças climáticas. Os cidadãos devem garantir que os governos sejam eficazes nas medidas ambientais e empresas devem manter práticas a fim de proteger o meio ambiente. O Dia Mundial do Meio Ambiente convoca os cidadãos e sociedades civis para preservarem e restaurarem ecossistemas prejudicados, bem como, que a população repense o consumo desenfreado.


Nossos comportamentos em relação ao planeta devem mudar de forma rápida e drástica se não quisermos enfrentar novas pandemias em breve.


A Hora da Natureza é um guia prático estruturado em 3 partes: aprender, compartilhar e agir. O que você precisa para participar é: internet, um livro ou somente sua imaginação.


Aprender: O momento de isolamento que vivemos é propício para adquirir conhecimento sobre as espécies e habitats selvagens que compartilham conosco o planeta. Este tempo em casa pode ser uma chance para refletir sobre o papel da natureza em nossas vidas e as maneiras pelas quais podemos provocar uma mudança positiva.


Compartilhar: No dia 5 de junho o #PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) abrirá os tópicos de conversa em 8 idiomas em seus canais de mídias sociais. O movimento pede que compartilhemos o conteúdo utilizando a #ForNature. Esta será a oportunidade de demonstrar o amor pela natureza e ajudar mais pessoas a conhecerem e se engajarem pela causa. Os governos e as organizações poderão mostrar seus esforços para proteger a natureza e a biodiversidade.


Agir: Após o evento de 5 de junho de 2020 teremos a Quinta Assembléia do Meio Ambiente da ONU, em 2021, quando os ministros definirão as novas prioridades globais. O movimento pede que todos nós comecemos a agir utilizando o conhecimento que adquirimos para ajudar a acabar com a perda da biodiversidade e a crise climática. Fazendo isso podemos permitir que a natureza se cure e que tenhamos um futuro melhor e mais saudável para todos.


O guia abrange várias esferas sociais como igrejas, empresas, cidades, governos, entre outros, e procura dar orientações sobre como podemos agir para chegar ao cenário ideal de cuidados com a natureza que tanto precisamos alcançar. Para acessar ao material na íntegra disponibilizamos o link: https://p.widencdn.net/fvd4gg/WED_Toolkit_PO





Apesar dos reflexos negativos do isolamento social, tanto para a comunidade quanto para a economia, obtivemos uma consequência positiva: a diminuição da poluição. Diversos vídeos têm surgido na internet em que são apresentadas belas manifestações da natureza, como é o caso das águas cristalinas da praia de Botafogo, no Rio de Janeiro, ou até mesmo uma quantidade significativa de golfinhos na Praia de Moçambique, em Florianópolis. Esses acontecimentos podem ser vistos com as lentes do otimismo, permitindo que nós, enquanto sociedade, aprendamos de uma vez por todas que o consumo inconsciente traz impactos representativos para a saúde do meio ambiente.


A #CRASA está engajada na proteção ao meio ambiente e se mantém atenta às práticas e novidades do setor que possam ajudar a melhorar o relacionamento das organizações ao meio ambiente.


#WorldEnvironmentDay #ForNature #PNUMA #pelanatureza #TudoPodeSerConstruído

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo