• adriana453

CRASA: Prevenção e conscientização sempre na agenda

Investir em prevenção de acidentes de trabalho traz benefícios para os funcionários, mas também para as empresas, em função de ganhos econômicos que superam os gastos implicados em eventuais acidentes. A CRASA Infraestrutura tem uma agenda de ações e projetos voltada à prevenção de acidentes de trabalho, direcionados aos colaboradores, parceiros e comunidade em seu entorno.

Exemplo recente foi a Campanha “Passa ou Repassa”, realizada em julho, para reforçar o Dia Nacional de Prevenção a Acidentes de Trabalho. Participaram da ação 211 funcionários do Consórcio Binário Porto de Santos II (BPS II) e 123 colaboradores dos seus prestadores de serviço. A iniciativa consistiu em uma atividade interativa na qual os participantes responderam perguntas sobre temas sorteados como equipamento de proteção individual, equipamento de proteção coletiva, normas regulamentadoras e outros assuntos.

A proposta da brincadeira foi ampliar o comprometimento dos colaboradores da obra e terceiros em realizar suas atividades conforme as diretrizes estabelecidas pela segurança do trabalho de forma a prevenir acidentes e doenças ocupacionais. Os participantes receberam como premiação bombons a cada resposta correta.

De acordo com Douglas Dorneles Gomes, Técnico de Segurança do Trabalho da CRASA, o retorno da atividade foi muito positivo e gratificante. “O mais importante é que estamos conscientizando a todos da importância em trabalhar preventivamente”, pontuou.

Ele lembrou que a iniciativa integra o DSMA – Diálogo de Segurança e Meio Ambiente, uma das principais ferramentas utilizada pela equipe de segurança do trabalho da companhia para conscientização dos colaboradores em relação a temas prevencionistas.

Os números dos acidentes de trabalho no Brasil

Dados atualizados do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, do Ministério do Trabalho, mostram que, nos últimos dez anos (2012-2021), 22.954 mortes no mercado de trabalho formal foram registradas no Brasil. Apenas em 2021, foram comunicados 571,8 mil acidentes e 2.487 óbitos associados ao trabalho, com aumento de 30% em relação a 2020.

Informações do Ministério da Previdência indicam que ocorrem cerca de 300 mil acidentes de trabalho por ano, no país. Nos últimos dez anos, foram registradas 6,2 milhões de Comunicações de Acidentes de Trabalho (CATs) e o INSS concedeu 2,5 milhões de benefícios previdenciários acidentários. No mesmo período, o gasto previdenciário ultrapassou os R$ 120 bilhões somente com despesas acidentárias.

Relatórios mundiais da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que cerca de 5 mil funcionários morrem todos os dias em função de acidentes ocorridos nos locais de trabalho.





34 visualizações0 comentário