Outubro Rosa. A prevenção é o melhor Remédio.

Tradicional mobilização contra o câncer de mama, Outubro Rosa há 30 anos é referência para a conscientização da população e apoio no tratamento em todo mundo.



O diagnóstico precoce do câncer de mama permite que 90% dos casos tenham um tratamento eficaz, de acordo com estatísticas da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM). Dessa forma, a campanha do Outubro Rosa tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do autocuidado e do autoexame, principalmente por que este é o câncer mais comum entre as mulheres no mundo, e no Brasil, atinge 29% das brasileiras.


O movimento iniciou na década de 90, nos Estados Unidos, pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. E, desde então, já mobilizou cerca de US$ 1,1 bilhão em pesquisas relacionadas à doença, formou uma comunidade global em mais de 60 países com 30 milhões de pessoas e destinou US$ 2,2 bilhões em educação preventiva e de tratamento. Essa sinergia possibilitou uma queda de 40% na mortalidade por esse tipo de câncer no período entre 1989 e 2016, conforme dados da fundação.


No Brasil, a campanha foi oficialmente instituída pela Lei nº 13.733/2018. E, em meio a pandemia, muitos tratamentos foram paralisados, bem como os exames, o que amplia a preocupação e a necessidade de incentivar as mulheres a retomarem a rotina de cuidados. Segundo o Ministério da Saúde (MS), o número de mamografias realizadas pelo SUS caiu entre janeiro e julho de 2020, na comparação com os últimos anos.


Até julho foram registradas apenas 1,1 milhão de mamografias contra 2,1 milhões no mesmo período de 2018 e 2019. O MS acredita que a baixa procura seja resultante do receio da população por conta da Covid-19 mesmo com as unidades de saúde mantendo o atendimento e a oferta de tratamento às pacientes.


Para a SBM, essa redução de 45% das mamografias realizadas pelo SUS nos sete primeiros meses deste ano poderá representar um prejuízo para as mulheres com a possibilidade de aumento do tumor e menor chance de cura e de uma sobrevida mais longa. Diante desse fato, a Sociedade lançou agora em outubro a campanha QUANTO ANTES MELHOR, com a proposta de chamar a atenção das mulheres para a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação como medidas preventivas.


Cuidados preliminares e vida saudável


Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:


  • Praticar atividade física;

  • Alimentar-se de forma saudável;

  • Manter o peso corporal adequado;

  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;

  • Amamentar

  • Evitar uso de hormônios sintéticos, como anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal.

O câncer de mama é resultado da multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. Há vários tipos e a doença pode evoluir de diferentes formas. Este câncer também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.


A CRASA se solidariza a esta causa e apoia a campanha como forma de construir um futuro mais próspero e saudável.


#OutubroRosa #TudoPodeSerConstruído #Crasa





21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo